10:39 - 27 de maio de 2024.

Abertura do Festival de Cinema leva glamour da Sét...

Abertura do Festival de Cinema leva glamour da Sétima Arte para Vassouras

 em Cultura

Evento atrai artistas, empresários, cineastas e jornalistas de diversas localidades ao Centro de Convenções General Sombra

 

Estilo, glamour do “red carpet”, muita luz, câmeras e ação. Sem deixar a desejar e com toda a pompa de grandes eventos, a segunda edição do Festival de Cinema teve início nesta sexta-feira, 16, em Vassouras. A Sétima Arte toma conta do Vale do Café impactando a história da indústria audiovisual e, claro, movimentando a economia local.

 

A abertura trouxe à cidade mais de 60 jornalistas de diversos veículos de comunicação do país, artistas, empresários e expectadores que seguem em Vassouras até o dia 24 de junho. O glamour do evento começou logo cedo com almoço na Casa do Lago, onde convidados desfrutaram de uma belíssima mesa de frios, a cargo da Du’ Vale Queijos e Capril do Lago, ambas de Valença e Sítio Solidão de Miguel Pereira, além da Cachaça e Chopp Karan, de Vassouras.

 

A noite, idealizado e dirigido pelos irmãos Bruno Sagliae Jane Saglia, a abertura do Festival de Cinema levou centenas de pessoas para o “red carpet” do Centro de Convenções General Sombra, no Centro.

Vale destacar que, após o êxito da primeira edição, o Festival de Cinema de Vassouras – no Vale do Café superou o próprio recorde de filmes inscritos, com 495 produções nacionais representantes de todas as regiões brasileiras.

O homenageado da noite pela sua longa trajetória na dramaturgia brasileira foi o ator Antônio Pitanga. Com bom humor e muita vitalidade, ele resumiu sua trajetória no cinema como algo “que valeu a pena”. Pitanga ressalta que “mesmo a conta não fechando às vezes”, o cinema evolui com as novas tecnologias e a intervenção dos jovens que inovam a Sétima Arte. “Não tenho 84 anos, mas faltam 17 pra chegar a 100”, disse o ator arrancando risos dos jornalistas.

Além de Antônio Pitanga, a abertura teve a presença de grandes nomes da nossa telinha como a atriz Nívia Maria e o ator Carlos Vereza, que leva a apresentação do curta Frankfurt, com duração de 25min, a ser apresentado neste sábado às 16h, no Centro de Convenções.

O curta é sobre a teoria neo-marxista elaborada pela Escola de Frankfurt, no começo do século XX, na Alemanha. Numa abordagem ficcional, um professor crítico contumaz da Nova Ordem Mundial é sequestrado e transportado a um ambiente atemporal onde lhe é revelado por um personagem misterioso um sinistro projeto para a diminuição da população do Planeta.

APOIOS
Com realização da SG CompanyFilmes, patrocínio da Light, da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado do Rio de Janeiro e da Univassouras, o evento, pioneiro na região, se tornou um caso de sucesso em sua primeira edição e se solidifica contando ainda com a participação da Secretaria de Turismo do Governo do Estado do Rio de Janeiro (SETUR).

 

 

GALERIA DE FOTOS: https://www.facebook.com/tribunadointerioronline/posts/584487273668807

 

Comentários

3 respostas

  1. Evento Maravilhoso. Parabéns a todos que se dedicaram a esse Espetáculo que é o Nosso Festival do Cinema em Vassouras. A Educação é uma grande aliada da Cultura. Ambas desenvolvem todo o potencial do Ser Humano.

  2. Maravilha. E Viva a nossa Arte,Um País sem cultura não vale a memória. Parabéns a essa turma que empreendeu essa idéia. Sucesso pra todos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também