23:53 - 28 de maio de 2024.

Feira Literária de Vassouras vai promover gratuita...

Feira Literária de Vassouras vai promover gratuitamente sete dias de diversão, arte e entretenimento

 em Cultura

Vassouras e o Vale do Café vão viver entre os dias 01 e 07 de setembro, a Feira Literária de Vassouras que terá como espaço principal o Centro de Convenções General Sombra (da Universidade de Vassouras), mas vai acontecer também no Centro Cultural Cazuza, o Palacete Barão de Itambé, o Solar Barão de Vassouras (sede do Programa Integração pela Música – PIM), e a Sala Carlos Vereza (antigo Auditório da Prefeitura).
Durante os 7 dias haverá programações diversas entre apresentações teatrais, atrações musicais, contações de histórias, lançamentos de livros, encontros de cordelistas, encontros de autores da região, exposições de cordéis novos e raros, exposição sobre a vida de Maria Clara Machado, do teatro Tablado (que teve casa em Vassouras), uma exposição sobre a Biblioteca Pública Municipal Maurício de Lacerda e o já famoso Cortejo de Tradições das Culturas Populares.
De acordo com o Subsecretário de Cultura de Vassouras, José Luiz Júnior, a Feira é um desejo antigo de muita gente na cidade entre professores, alunos e amantes da leitura que ao longo dos anos foi ganhando forma e enfim chegou ao formato atual. “Quando fui secretário de Cultura fiz uma feira literária bem pequena em parceria com a Academia de Letras e com ao CIEP, e foi uma semente importante que plantamos. Desta vez pensamos numa feira que envolvesse para além de livros e autores, os leitores, futuros leitores e artistas que de alguma forma interagem com a literatura, às vezes inconscientemente”, falou José Luiz.
Haverá estandes de livrarias e instituições como o Instituto Histórico e Geográfico de Vassouras, a Academia de Letras de Vassouras, o Jornal Tribuna do Interior, os autores do Vale do Café e outros municípios da região e os cordelistas que se organizaram para participarem. A Livraria oficial do evento é a Cia do Livro que possui loja em Vassouras e outros municípios da região. Vão participar também a Porta Aberta, a Bem Cultural, a Litteris e a Fluc. Dois programas importantes da Secretaria de Cultura do Governo do Estado também irão participar o “Programa Mais Leitura” e diversas ações da Superintendência de Leitura e Conhecimento da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do RJ.
José Luiz aliás, ressaltou o apoio da Secretária de Cultura do Estado do RJ, Danielle Barros que abraçou o evento de maneira apaixonada e deve participar presencialmente da solenidade de abertura. “A Feira Literária é um evento para orgulhar Vassouras e o Vale do Café. Trabalhamos para construir uma programação diversificada que envolvesse teatro, música, gastronomia, contação de histórias, brincadeiras, exposições, culturas populares e outras atrações que tivessem como pano de fundo o livro, a leitura a poesia e a literatura. Mas é importante falar desde já que foi uma construção coletiva, feita por muitas mãos e muitos esforços. Nada disso seria possível sem o apoio do prefeito Severino, da vice-prefeita Rosi Silva, da Secretária de Cultura Angela Maria e toda a equipe da cultura, da Secretária de Educação Magda Capute e também sem o apoio da Universidade de Vassouras, da produtoras Cafeína (Vale do Café Produções Culturais), da produtora Arteira, da Cordelista Jussara Almeida e do apoio fundamental da Secretária de Estado de Cultura Danielle Barros. Acredito que um evento construído assim já nasce forte antes mesmo de acontecer. Que seja apenas a primeira edição de muitas outras que possa orgulhar Vassouras e o Vale do Café”, completou o subsecretário.
A programação completa do evento está nas redes sociais da Prefeitura de Vassouras e da Feira Literária.
A Feira Literária de Vassouras é um evento temático que se insere naturalmente no calendário turístico cultural do Vale do Café por suas vocações e potencialidades e vai promover a valorização do livro e da leitura em seus mais variados formatos e focar na apresentação da literatura em suas multi linguagens. Teatro, cinema, televisão, quadrinhos, música, artes visuais, circo, gastronomia, culturas populares e outros segmentos e linguagens culturais vão participar da festa. Outro ponto alto do evento é a diversidade e pluralidade do público alvo da Feira Literária de Vassouras. Embora tenha foco nos alunos das redes públicas e privada de educação e no público jovem, a feira abrange todos os amantes da leitura. E uma infinidade de outros setores ligados à educação, à cultura e ao fazer literário. É, portanto, multi e interdisciplinar. Envolve profissionais da educação, profissionais da produção cultural, fazedores de cultura, da produção e comercialização de livros como editores, bibliotecários, livreiros, agentes e, claro, autores. Mas o público alvo final pode mesmo ser definido como o leitor, aquele que lê com os olhos, os ouvidos ou de qualquer outra forma, sentido ou sensação. Os que já gostam e os que podem passar a gostar de ler.
Vai contar com extensa e diversificada programação artística, cultural e educacional com a realização de lançamentos de livros, palestras, mesas redondas, contação de histórias, declamação de cordéis e poesias, apresentações musicais e apresentações de manifestações de culturas populares como folias de reis, jongo, calango, caninha verde e maculelê. A Feira vai trabalhar com alguns eixos temáticos vinculados às questões e acontecimentos importantes como o Bicentenário da independência do Brasil; os 100 anos da Semana de Arte Moderna e os 100 anos de Maria Clara Machado completados em 2021, autora que teve estreita relação com Vassouras.
A Feira tem como objetivo geral promover o livro, a escrita e a leitura como instrumentos fundamentais de desenvolvimento humano e social, fonte de prazer, conhecimento, cidadania e liberdade. E como objetivos específicos, Estimular a leitura (em suas diversas linguagens) e a criação literária; Diversificar o calendário turístico-cultural de Vassouras e do Vale do Café; Democratizar e facilitar o acesso aos livros; Criar um espaço livre de aproximação entre autores e leitores; Desenvolver mecanismos de difusão para escritores e obras, estimulando as produções literárias, intelectuais e editoriais; Difundir a produção literária local e regional valorizando a cultura do Vale do Café;
A Feira Literária de Vassouras nasce num contexto em que os modelos de grandes eventos têm se consolidado como instrumentos de atratividade turística e diversificação do calendário turístico cultural, principalmente nos grandes polos turísticos. Considerado no todo, como um cluster, o Vale do Café, onde Vassouras está situada supre as necessidades estruturais de um grande evento, tem uma imensa demanda e grande potencial de atração turística. A região atualmente tem um grande público que programa lugares mais tranquilos, voltados para a natureza e o turismo cultural, elementos abundantes no Vale do Café mas recebe também um público consumidor de eventos como feiras e festivais culturais, além de sua própria população regional que chega perto de 1 milhão de pessoas.
Vassouras é uma cidade histórica, turística e universitária. Com rico patrimônio cultural material e imaterial, herança dos tempos áureos do café, e foi um grande centro econômico, político e também cultural em grande parte do século XIX. Tem um centro histórico tombado pelo IPHAN preservado com diversos casarões e palacetes históricos, um museu federal e uma grande quantidade de manifestações de cultura popular. Atualmente, a cidade conta com uma Academia de Letras, uma Biblioteca Pública, uma Universidade, um imenso potencial atrativo com progressiva melhoria na estruturação da atividade turística.
Esses elementos justificam a realização de um evento com estas características em Vassouras e no Vale do Café e fazem com que ele já nasça com grande envolvimento afetivo da comunidade regional e chances (esperança) de fazer parte do calendário de eventos nacional. Tem como público alvo geral a comunidade regional, turistas e visitantes. E como público alvo específico autores, editores, distribuidores de livros, bibliotecários, roteiristas, professores, acadêmicos e amantes da leitura e da literatura.
Na programação geral constam saraus, mesas redondas (painéis e cafés literários), contação de histórias, encontros de autores do Vale do Café, encontro de cordelistas e xilogravuristas, manhãs, tardes e noites de autógrafos, lançamentos de livros, apresentações musicais, oficinas literárias, esquetes e espetáculos teatrais, exibições de filmes, encontros gastronômicos, atração circense, cortejo de tradições de Culturas Populares, cortejos literários, dinâmicas e brincadeiras ligadas ao livro, leitura e literatura e exposições (150 anos da Biblioteca Maurício de Lacerda, Cordéis raros e Maria Clara Machado).
Entre os nomes confirmados para participação na feira, entre nomes da literatura da música e do teatro estão:

– Fernanda Takai (música)
– Leoni (música)
– Cristina Braga (música)
– Turíbio Santos (música)
– Ana Maria Machado
– Laurentino Gomes (literatura)
– Elisa Lucinda (literatura, teatro e televisão)
– Mary Del Priore (literatura)
– Thalita Rebouças (literatura)
– Leona Cavali (cinema, teatro, televisão e literatura)
– André Mattos (cinema, teatro e televisão)
– Cacá Mourhé (Teatro Tablado) (teatro)
– Ricardo Kosovski (teatro)
– Ailton Krenak
– Maurício Pestana
– Entre outros

O Evento é realizado pela Prefeitura de Vassouras por meio da Secretaria de Cultura. Conta com o apoio da Universidade de Vassouras, da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do RJ, da RG Veículos, do Supermercado Serve Bem, do Uaná Etê Jardim Ecológico, da Cachaça Pindorama, da Viação Pedro Antônio, da Ultraproduções, da Fazenda das Palmas, do Hotel Fazenda Ribeirão, da Fazenda São Roque e de outros empresários vassourenses. Entrada aberta e gratuita (sem a necessidade de inscrição) em todos os eventos e em todas as locações utilizadas.

Para mais informações: (24) 99274-7515

Centro de Convenções General Sombra
Avenida Otávio Gomes, 500 – Centro – Vassouras/RJ

Centro Cultural Cazuza
Rua Custódio Guimarães, 65 – Centro (centro histórico) – Vassouras/RJ

Palacete Barão de Itambé (Biblioteca Pública Maurício de Lacerda)
Rua Barão do Tinguá, 03 (Ao lado da Igreja Matriz)

Sala Carlos Vereza (antigo auditório da Prefeitura)
Avenida Otávio Gomes, 506 – Centro – Vassouras/RJ

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também