13:23 - 24 de maio de 2024.

Morte de mulher do ministro Barroso comove vassour...

Morte de mulher do ministro Barroso comove vassourense

 em Vassouras

Ministro nasceu na cidade do Vale do Café, mas mudou para o Rio de Janeiro ainda adolescente

A morte da empresária Tereza Cristina Van Brussel Barroso, esposa do ministro do STF (Supremo Tribunal Federal), Luís Roberto Barroso, comoveu autoridades de diversos setores e, em especial, moradores de Vassouras, cidade natal do ministro.

Lucinha Bitencourt, prima de Barroso, comentou sobre a morte de Tereza, no último dia 13, em decorrência de um câncer no fêmur. – Tereza era uma pessoa muito querida por toda família. Tinha uma energia extremamente positiva. Enfrentou os momentos difíceis de sua doença com absoluta sabedoria – disse Lucinha, fazendo coro aos inúmeros depoimentos sobre o comportamento discreto e alegre de Tereza.

A empresária, de 57 anos, lutava contra a doença já algum tempo. Ela estava internada para tratar de câncer primário na cabeça do fêmur no Hospital Sírio-Libanês de Brasília, onde faleceu. Tereza deixou o marido, Luiz Barroso e os filhos Luna e Bernardo. Na missa pelo 7º dia da morte de Tereza, o carinho pela empresária, considerada além de discreta com muito bom humor, foi confirmado pelas inúmeras pessoas que compareceram à celebração, na Paróquia Nossa Senhora da Paz, no Rio de Janeiro.

Embora tenha mudado de Vassouras ainda adolescente, o vínculo do ministro com a cidade é bem forte. Os pais dele estão enterrados no Cemitério Nossa Senhora da Conceição, viveram na Rua Ministro Edgar Costa, no Centro – o imóvel ainda é da família. Um dos pedidos do pai do ministro, Roberto Bernardes Barroso, que foi membro do Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro e advogado, era que seu corpo fosse cremado e as cinzas depositadas no Cemitério de Vassouras, onde se encontra sepultada a mãe do ministro Barroso.

O fato do vassourense se orgulhar de ter vínculo histórico com Barroso tem bons motivos. Um deles é a carreira e sucesso do ministro que é jurista, professor e magistrado brasileiro, atualmente ministro do Supremo Tribunal Federal (STF). Formado em direito pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), é mestre pela Universidade Yale e doutor e livre docente pela UERJ, da qual é professor titular de direito constitucional, tendo realizado estudos de pós-doutorado na Harvard Law School. Leciona também na Universidade de Brasília (UnB) e no programa de mestrado e doutorado em direito do Centro Universitário de Brasília (UniCeub). Tornou-se conhecido por seu trabalho acadêmico voltado ao direito público, bem como por sua atuação como advogado em casos de grande repercussão perante o Supremo Tribunal Federal, tais como a defesa da pesquisa com células tronco embrionárias, da união entre pessoas do mesmo sexo e da proibição do nepotismo.

Além de ter exercido a advocacia a partir de 1981, foi também procurador do Estado do Rio de Janeiro desde 1985 até sua indicação para o cargo de ministro do STF pela presidente Dilma Rousseff em 2013. É considerado um jurista de visões liberais e progressistas.

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também