00:05 - 29 de maio de 2024.

Projeto estimula alunos à leitura infantil

Projeto estimula alunos à leitura infantil

 em Cultura

Projeto Sementes da Leitura atrai as atenções dos pequenos da Escola Municipal Joaquim Pinto e Souza, em Vassouras

 

Uma árvore repleta de motivos para agradecer. Este é um dos desfechos do Projeto Sementes da Leitura, desenvolvido pela Empresa Empreendedores Sociais, incentivando a leitura entre alunos da Escola Municipal Joaquim Pinto e Souza, em Ipiranga, Vassouras. A iniciativa, que é parte de um outro projeto da empresa intitulado Historinhas Pra Contar, resultou na doação de livros para alunos de diversas escolas da rede pública, e em Vassouras, se tornou realidade através da Lei Paulo Gustavo em parceria com a Secretaria Municipal de Cultura. E mais: para reforçar as atividades, professores em sala de aula e familiares, foram orientados a criar a Árvore da Gratidão, onde após a leitura do livro “João e o Pé de Gratidão”, os pequenos do Ensino Fundamental I confeccionaram uma árvore com seus motivos para agradecer.  A atividade pode ser feita de acordo com cada turma, através de escrita, recorte e colagem, pinturas, entre outras técnicas pedagógicas.

A escola recebeu ainda cerca de 20 exemplares de outros títulos da editora que foram somados à Biblioteca da unidade. “A principal ação do projeto é a doação dos livros e a árvore da gratidão é uma sugestão que deixamos para que os professores executem da forma mais adequada para cada turminha. A regra é deixar a criatividade de cada aluno fluir, colocando na árvore o seu motivo para agradecer, seja por escrito, pintado, corte, colagem, etc” – ressaltou Rodrigo Mendonça Vaz, engenheiro, empresário e idealizador do Projeto, ao lado da esposa e parceira Vivian May.

A iniciativa já percorreu uma longa caminhada. Iniciada em 2018, tornando o acesso aos livros infantis uma possibilidade para todas as crianças, Já foi disponibilizado, gratuitamente, diversos livros para a garotada através do Instagram @historinhaspracontar. Cada post é um livro infantil, que pode ser lido e acessado por pessoas de todas as idades. Já em 2020, a equipe deu mais um passo importante criando uma editora – uma empresa de impacto social – possibilitando a publicação impressa dos livros. Inúmeras escolas públicas, ONGs e comunidades em vulnerabilidade social, por todo o Brasil, foram beneficiadas com o projeto. Mais de cinco mil crianças, com idades entre 1 e 10 anos, tiveram acesso aos livros e aos projetos sociais voltados para a educação.

 

 

“Em linhas gerais, observamos uma necessidade em uma comunidade ou escola; elaboramos ou adaptamos um projeto nosso que possa atender àquela realidade, logo depois buscamos apoio na iniciativa privada ou do poder público para executarmos o projeto” – concluiu Rodrigo Mendonça, completando que mais de dois milhões de usuários já acessaram o Instagram do projeto.

 

 

Ainda no ano passado, os autores deram início a uma nova atividade: a criação de histórias de incentivo à qualidade de vida dos pequenos. Uma delas foi “O mundo colorido dos alimentos”, em parceria com a escritora Carol Pepe, de Jaguariúna – SP, visando estimular as crianças a terem uma alimentação mais saudável, aumentando o consumo de frutas, verduras e legumes. Nesta ação, com histórias que convidam as crianças para uma reflexão importante enquanto viajam no mundo da imaginação, foram doados mais de mil livros infantis , entre eles o “O mundo verde de Victória”, que com muita ludicidade, estimula as crianças a experimentarem os alimentos verdes.

Empresas e projetos alinhados com o propósito do desenvolvimento da educação infantil podem apoiar nosso projeto. É só entrar em contato conosco – concluiu o idealizador da iniciativa.

 

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também