18:22 - 23 de maio de 2024.

Vítima dos abusos da Lava Jato, Deputado André Cor...

Vítima dos abusos da Lava Jato, Deputado André Corrêa anuncia que vai processar seu algoz: O procurador do MPF Carlos Aguiar

 em Política

Em emocionante entrevista ao Jogo do Poder deste domingo, o deputado André Correa recordou os momentos de dor e sofrimento durante o período em que esteve preso por conta de uma decisão sabidamente injusta e improcedente da Justiça Federal. Anunciou que vai processar uma das estrelas mais reluzentes do lavajatismo abominável do Ministério Público Federal do Rio, o procurador Carlos Alberto Gomes de Aguiar, o mesmo que atuou também de modo igualmente parcial e sectário contra o ex-prefeito de Niterói Rodrigo Neves.

De acordo com o deputado, o procurador mesmo alertado por seus advogados de que a denúncia era improcedente, porque os valores depositados equivocadamente na conta de um de seus assessores – cerca de R$ 34 milhões – haviam sido estornados, manteve a acusação. Apesar de ter recebido o extrato bancário com o cancelamento da operação, imprudentemente concedeu entrevista refirmando a denúncia de que o principal assessor do parlamentar funcionava como “soldado da propina”.

– Chegou o momento de processar esse senhor. Ele não pode fazer o que fez impunemente – afirmou o deputado.

No programa, André Correa mostrou como a Lava Jato atuou de modo imoderado, injusto parcial e arbitrário. Lembrou que seus advogados esclareceram ao então desembargador Abel Gomes – outra peça-chave do lavajatismo caolho que tomou conta de setores do judiciário – que o banco havia reconhecido o erro, razão pela qual o acusado deveria ser solto. Numa agressão à razão e ao bom censo, Abel Gomes manteve a prisão sob o argumento de que André Correa era um homem poderoso, que à época ia disputar a presidência da Alerj, e que, portanto, poderia obstruir as investigações, ameaçando a ordem pública. Ou seja: a prova incontrastável de que não havia crime não bastava diante de um magistrado disposto a fazer valer a sua vontade a qualquer preço, ainda que ao arrepio da lei e dos fatos.

Amigo do governador Cláudio Castro – foi um dos articuladores de sua candidatura a vereador – e do prefeito Eduardo Paes – coordenou sua campanha ao governo do estado –  André Correa defende a reaproximação política dos dois. Acha que se mantiverem em caminhos diferentes, abrirão   espaço para uma hipotética vitória de Marcelo Freixo.

 – Eduardo Paes vai acabar ajudando isto acontecer. Ele não pode ser o responsável por isto – afirmou, lembrando que tem uma relação de carinho também com o pré-candidato do PSD, Felipe Santa Cruz.

– Ele é meu advogado e atua pro bono.  Felipe é uma pessoa preparada, humana, extraordinária. Veja a situação difícil que me encontro – acrescentou com bom humor

Durante a entrevista, André Correa se emociona em alguns momentos, chegando a chorar compulsivamente   ao lembrar a visita das filhas em Bangu 8. Fala dos impactos da prisão em sua família, especialmente numa de suas filhas que, à época, estava envolvida com drogas. Ela não só deixou o vício como se converteu numa igreja evangélica.

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas notícias

Captura-de-Tela-2024-05-15-as-18.53.05

Edição Digital

Veja também