08:46 - 23 de julho de 2024.

Campanha de doação de medula óssea para estudante ...

Campanha de doação de medula óssea para estudante terá teste de compatibilidade neste sábado

Universidade de Vassouras disponibiliza transporte para possíveis doadores

Estudante de Engenharia Civil da Universidade de Vassouras, o mendense Filipe Rocha precisa de transplante de medula óssea.

O teste de compatibilidade para futuros doadores acontece no sábado, dia 24, no INCA, no Rio de Janeiro. Como o teste é no Rio, a Universidade de Vassouras vai disponibilizar um ônibus com 30 lugares para o transporte de possíveis doadores.

O ônibus sai na manhã do sábado, às 6 horas, do Centro de Vassouras, entre a antiga estação ferroviária e a agência do Bradesco, próximo à Pro-Reitoria de Extensão.

Além da testagem de possíveis doadores de medula óssea, o INCA condiciona o teste à doação de sangue para o hospital.

Quem contraiu a Covid-19 pode doar, desde que a internação decorrente tenha acontecido mais de 30 dias antes da data de doação. Quem tomou a vacina contra a Covid deve ter sido vacinado há mais de sete dias, enquanto no caso da vacina da gripe este prazo é de 48 horas de antecedência.

Pessoas que tenham feito tatuagem também podem doar, mas é preciso que ela tenha sido feita há no mínimo um ano.

Para doar a medula óssea, o doador deve ser compatível com Filipe (o que o teste irá apontar) e ter até 35 anos de idade.

Filipe Rocha é um dos 850 brasileiros na fila de espera por um transplante de medula. Sábado, quem se dispuser a fazer o teste pode ajudar não só Filipe, mas descobrir que é compatível e pode salvar a vida de alguém no Brasil ou até mesmo no exterior.

 

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *