14:20 - 24 de maio de 2024.

Lavrador, líder religioso de Tinguá, Brasilino Fer...

Lavrador, líder religioso de Tinguá, Brasilino Ferreira Alves morre aos 100 anos, vítima de uma pneumonia

 em Vassouras
Lavrador, pastor da Igreja Assembleia de Deus , morador do Tinguá, Brasilino Ferreira Alves morreu no sábado, 11, no Hospital Universitário de Vassouras, vítima de uma pneumonia. Vassourense do então distrito de Avelar, radicado há décadas em Tinguá, Brasilino deixa viúva dona Manoelina Ferreira Alves, 90 anos, onze filhos, vinte e cinco netos e 36 bisnetos. A morte de seo Brasilino surpreendeu a comunidade de Tinguá. Dias antes, uma grande mobilização marcou a festa de 100 anos do lavrador. Lúcido, seo Brasilino chegou à festa com a esposa, dona Manoelina, andando.
Nascido em Avelar em 23 de outubro de 1923, Brasilino veio ao mundo um ano depois da primeira transmissão radiofônica da história do país. Naquela época, todos os munícipios ao redor de Vassouras que durante o século XX se emancipariam, ainda eram distritos: Miguel Pereira, Engenheiro Paulo de Frontin, Paracambi e Paty do Alferes. Seo Brasilino casou aos 25 anos, com dona Manoelina. Eles permaneceram juntos por 75 anos.
A festa de 4 de novembro foi movimentada, prestigiada. Dois dias depois ele foi levado ao HUV e diagnosticado com pneumonia. Veio a falecer no sábado, 11. Ele foi sepultado domingo à tarde, no Cemitério Municipal de Vassouras, no Campo Limpo.

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também