13:33 - 24 de maio de 2024.

Parada cardiorrespiratória matou Messias da ótica

Parada cardiorrespiratória matou Messias da ótica

 em Vassouras
Uma parada cardiorrespiratória matou na quinta-feira, dia 9, no Hospital Universitário de Vassouras, o comerciante Messias Pacheco de Jesus, aos 86 anos.
Baiano de Salvador, radicado em Vassouras há quatro décadas, Messias foi velado na Capela do Divino Salvador, no Centro, e sepultado no Cemitério Municipal, no Campo Limpo. Deixou viúva Miralva de Jesus e três filhos: Jeórgia, Tony e Graziela.
Messias chegou a Vassouras nos anos 1980. Era sócio da Ótica Chaplin, que tinha uma filial no Madruga. Mais tarde, fundou a Ótica Madruga, que se transformou na Requinte Ótica quando trocou o bairro pelo Centro.
Empreendedor, foi sócio de um dos primeiros restaurantes self-service no município, o Comida a Quilo, que funcionou na Otávio Gomes no início dos anos 1990. Foi proprietário, ainda, de uma lanchonete no antigo Shopping 393. Nos últimos meses, Messias se dedicava a um livro autobiográfico.

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também