22:46 - 28 de maio de 2024.

PT de Vassouras elege novo diretório de olho em ca...

PT de Vassouras elege novo diretório de olho em candidatura própria em 2024

 em Política

Ampla campanha de filiação e conversa com militância de esquerda na cidade fazem parte da estratégia petista

 

Uma outra Vassouras é possível. A escolha do nome da chapa única, eleita pela militância petista no último final de semana, para comandar o diretório municipal do Partido dos Trabalhadores nos próximos quatro anos, não foi escolhido de maneira aleatória. Há um consenso entre a maioria da chapa que ao PT compete buscar a construção de uma terceira via na eleição municipal do ano que vem. “A gente acredita que a cidade merece uma alternativa. Com todo respeito aos nomes já colocados, uma disputa entre Rosi Silva e Kiko Brando não nos contempla. Entendo que não contempla boa parte dos vassourenses, então a nossa tarefa é chamar a sociedade vassourense para construir conosco esta alternativa. Afinal, uma outra Vassouras é possível”, comenta o jornalista João Henrique Barbosa, 51 anos, eleito presidente municipal do partido de Lula.
A tarefa do PT de Vassouras, aliás, passa pela eleição que, há um ano, deu a Lula o seu terceiro mandato presidencial. No município, o presidente teve 10 mil 953 votos no segundo turno, 49 % dos votos válidos. “Se você levar em conta que o estado foi o berço do bolsonarismo e que a cidade tem um histórico conservador, esse foi um resultado histórico. É claro que a gente sabe que eleição municipal é diferente. Mas queremos conversar com esse eleitor, que se negou a reeleger Bolsonaro, mesmo diante dos apelos do prefeito, da vice e de ene lideranças empresariais e religiosas, a debater conosco o futuro da cidade. Vamos realizar uma ampla campanha de filiação. Acreditamos que muita gente não esteja satisfeita com os rumos da cidade e muito menos com as alternativas até aqui colocadas. E a esse eleitor, a esse vassourense, a gente convida: venha para o PT construir uma proposta alternativa, participar das eleições e disputar espaço político. Chega dos mesmos políticos de sempre. Está na hora de a gente mudar essa cidade”, avalia Barbosa.
Além da campanha de filiação, o PT vai buscar a conversa com os aliados preferenciais. Na lista, destaque para o PSOL e o PC do B. “São companheiros que compartilham com a gente o desejo de uma cidade mais democrática, mais humana, uma cidade para todas e todos. Nossa primeira tarefa é reunir com estes companheiros e companheiras para iniciar a construção de um projeto para Vassouras. Vamos disputar as eleições em cima de um projeto de cidade e não de projetos pessoais escorados em nominatas que buscam ‘rabiolas’ para eleger os vereadores que interessam aos candidatos do governo e da oposição”, diz João Henrique.
Diretório – O diretório municipal do Partido dos Trabalhadores, eleito no último final de semana, toma posse ainda em novembro. O mandato é de quatro anos. O grupo terá a responsabilidade de conduzir a legenda nas eleições municipais do ano que vem. Além de João Henrique, integram a direção petista o professor Leonardo Corrêa, o educador físico Matheus Lebres, a nutricionista Taciana Cotta, a bancária Luciana Vieira e a engenheira Amanda Soares.

Comentários

Uma resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também