19:42 - 23 de maio de 2024.

Referência nos Santos Anjos, Irmã Nazareth morre e...

Referência nos Santos Anjos, Irmã Nazareth morre em Juiz de Fora • Educadora dirigiu a unidade Vassouras em dois longos períodos

 em Vassouras

Morreu em Juiz de Fora, na Zona da Mata de Minas Gerais, uma das educadoras mais importantes da história recente de Vassouras. A historiadora Maria de Nazareth Magalhães Guedes, a irmã Nazareth, ex-diretora do Colégio dos Santos Anjos, morreu com complicações de um câncer em uma casa de saúde na cidade mineira, na quinta-feira, dia 26, aos 88 anos.

Irmã Nazareth foi sepultada no Cemitério Jardim da Saudade, em Juiz de Fora. Sobrinho da irmã, coube ao Padre Medoro, da Diocese de Valença, celebrar a missa de corpo presente da religiosa.

Maria de Nazareth chegou a Vassouras pela primeira vez em 1968. Irmã da Congregação dos Santos Anjos, ela começou a lecionar naquele ano na unidade Vassouras do colégio. Continuou dando aulas até 1973. Entre 1978 e 1985, Nazareth dirigiu o colégio. Voltaria ao cargo em 1994, se mantendo até 2002.

Para o jornalista Marlos Elias de França, editor da Tribuna, Irmã Nazareth, para além dos predicados como educadora, era também ótima administradora. “Me acostumei a chamá-la de prefeita dos Santos Anjos. Sempre que precisavam de uma grande obra ou de uma reestruturação, Irmã Nazareth era escalada para a função. Foi assim em dois longos períodos nas duas grandes reformas que presenciei, no final dos anos 1970 e no final dos anos 1990, quando foi construído o ginásio poliesportivo”, comenta o jornalista.

A Paróquia de Nossa Senhora da Conceição se solidarizou às irmãs da Congregação dos Santos Anjos, lembrando a importância do trabalho de Irmã Nazareth na cidade. Em nota publicada nas redes sociais, a Paróquia classifica a irmã como uma “religiosa de fibra, determinada, corajosa e visionária”, além de destacar o trabalho administrativo da religiosa.

Profissionais que trabalharam com Irmã Nazareth destacaram a sua importância para o Colégio dos Santos Anjos. “ Irmã Nazareth foi a responsável por uma reforma educacional, inclusive com a adoção do sistema COC, apostila no Ensino Médio e o método natural, sucesso até hoje. O seu nome ficará na história da educação vassourense. Foi uma grande educadora. Saudades eternas, minha grande amiga”, afirmou a professora e escritora Maria Amália Montela, que classifica Irmã Nazareth como uma “grande mestra do saber”.

Conhecida como uma das mais importantes alfabetizadoras da cidade, Maira Dias também deu o seu depoimento sobre a perda de Irmã Nazareth. “Figura marcante no Colégio dos Santos Anjos, foi exemplo de doação pela instituição. Sempre exemplar como gestora, empenhada, sincera e amorosa. Marcada no meu coração e na minha história, como ex-aluna e educadora Santos Anjos, minha Diretora no meu 1° ano como professora, em 1994. Por seus esforços e sua iniciativa, nosso prédio conheceu melhorias grandiosas. Amiga dos meus pais e das famílias dos alunos! Cumpriu sua missão e o mundo perde um pouco de cor com sua partida. Meu amor e admiração para sempre”, afirmou a professora.

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também