13:01 - 24 de maio de 2024.

Semente que já dá flores

Semente que já dá flores

• Que Haja Flores é primeira obra oriunda de projeto de financiamento da Academia de Letras de Paty

 A Academia de Letras Joaquim Osório Duque Estrada, que reúne intelectuais do município de Paty do Alferes, lançou no sábado, dia 26, Que Haja Flores, de Maria do Carmo Valle Luciano, a Carminha. A obra é o primeiro fruto do Projeto Autores da ALJODE, que espera motivar seus acadêmicos a lançarem novas obras, a partir do financiamento da publicação do livro.
A primeira obra mostra a sensibilidade de uma poetisa que talvez fosse omitida do público se não houvesse o projeto. “O buquê de poemas apresentado nesse livro é uma pequena amostra do vasto acervo poético de Maria do Carmo Valle Luciano, que tive o privilégio de conhecer”, declara a também escritora Nilzanira Reyes, que assina o prefácio.
Segundo Edmilson Lyra, presidente da ALJODE, o projeto foi concebido com a ideia de financiamento inicial pela Academia, privilegiando os membros por idade e adimplência com as obrigações pecuniárias com a instituição. “Trata-se de uma ideia que pode facilmente ser adotada por outras academias, incentivando o surgimento de obras maravilhosas, como o livro de Carminha. O público em geral, ainda não tem noção da riqueza literária dos autores de nossa região, precisamos contribuir e expor suas obras para apreciação da sociedade”, afirmou. Pelo projeto, a Academia de Letras Joaquim Osório Duque Estrada banca a publicação de 50 livros de até 80 páginas de seus acadêmicos.

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *