13:41 - 24 de maio de 2024.

Uma janela virtual para um museu do futuro

Uma janela virtual para um museu do futuro

Museu Vila de Vassouras em construção (foto Marcos Gusmão)

 Site do Museu Vila de Vassouras irá mostrar, passo a passo, como se constrói um museu

A inauguração do Museu Vila de Vassouras, na cidade de Vassouras, no Vale do Café, RJ, está prevista para setembro de 2022, mas o site dedicado ao espaço já está no ar. Um site em construção para um museu em construção. A ideia inovadora é que todo o processo de elaboração do museu – as obras, os rascunhos do arquiteto, as relações com a comunidade, as pesquisas na história, a memória, as identidades da gente do Vale, os eventos culturais, a formatação do conteúdo – seja acompanhado e compartilhado passo a passo. Um museu não é feito apenas daquilo que guarda, mas também do que espalha.

O site tem páginas dedicadas à obra, aos trabalhos acadêmicos e um blog com matérias jornalísticas sobre tudo o que interessa do passado, presente e futuro da região do Vale do Café – além de uma belíssima galeria de fotografias que mostram o processo de restauração do prédio, os achados arqueológicos e a evolução da obra que está transformando um casarão de 1853 no novíssimo Museu Vila de Vassouras.

O prédio, adquirido pelo Instituto Vassouras Cultural em 2017, foi erguido para ser o Hospital da Santa Casa de Misericórdia de Vassouras e desde 1910 funcionava como o Asilo Barão do Amparo. O tempo, o descaso e, finalmente, um incêndio de grandes proporções, em 2011, deixaram o imóvel em condições precárias, com ameaça de desabamento. Desde 2019, quando foram iniciadas as obras, o sentimento de abandono vai sendo substituído pela expectativa do que virá pela frente.

“O dia a dia dos trabalhos, a opinião técnica, os desafios da restauração, as epifanias da arquitetura, a distribuição dos espaços internos, a elaboração do acervo, as ideias para futuras exposições — os visitantes do site poderão acompanhar de perto tudo o que cerca a criação de um equipamento cultural de grandes proporções, que deixará um extraordinário legado na região”, conta Renato Lemos, editor do site.

Um legado que já pode ser vislumbrado com a restauração do Memorial Judaico, nos jardins do casarão. Uma história fascinante – relatada em uma matéria no blog do site – que conta a saga de Benjamin Benatar, comerciante de origem judaica que, no século XIX, driblou a intolerância religiosa e conseguiu ser enterrado, como judeu, no território cristão da Santa Casa de Misericórdia. Seu jazigo só foi descoberto em meados da década de 1980 e depois transformado em um memorial – com paisagismo de Burle Max – que, após restaurado, estará aberto à visitação pública.

Isso é só uma parte das muitas histórias que o Museu Vila de Vassouras irá contar.

Para aqueles que gostam de acompanhar tudo ainda mais de perto, as redes sociais do museu também já estão no ar, recortando em pílulas o conteúdo do site e trazendo, quase em tempo real, o dia-a-dia da obra.

SERVIÇO:

Museu Vila de Vassouras – previsão de abertura em Setembro de 2022.

Site: https://museuviladevassouras.org.br/

Facebook: @museuviladevasssouras | Instagram: @museuviladevassouras

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *