14:33 - 24 de maio de 2024.

Vassouras integra roteiro afroturístico no Brasil

Vassouras integra roteiro afroturístico no Brasil

 em Turismo

Iniciativa da Black History Studies, de Londres, é atender interesse de turistas por visitas ao Brasil com foco no afroturismo

 

O Afroturismo no Brasil ganha destaque na Europa. Iniciativa da Black History Studies, de Londres, trouxe para o país proprietários da unidade de ensino britânica, interessados em conhecer de perto a trajetória do negro no Brasil, além de traçar roteiro para novas visitas ao país.

Por 15 dias, três turistas da Black History Studies estiveram imersos em visitas a diversas localidades para conhecer a cultura afro-brasileira. Vassouras fez parte do programa e recebeu a delegação britânica guiada por Andreia Pit, bacharel em Gestão Cultural de Turismo pela UERJ e pós-graduada em História da África.

Nossa cidade foi de fundamental importância na produção cafeeira, principal fonte econômica do país no século XIX. Para se ter uma ideia, 70% dos vassourenses eram, naquela época, negros escravizados que trabalharam muito pesado para que o nosso país fosse essa mola propulsora da economia do café – explicou Andreia Pit, que levou os turistas para conhecerem fazenda do ciclo do grão de ouro em Vassouras.

 VISITAS

Concluído em Salvador, na Bahia, o tour de afroturismo no Brasil passou pelo estado do Rio de Janeiro, com visitas a cidades como Paraty e Vassouras. Além de oferecer cursos sobre a história do continente africano, a Black History Studies facilita excursões em diferentes partes do mundo para os seus alunos.

A opção pelo Brasil foi inspirada por uma forte demanda de seus alunos interessados em conhecer o país com visitas a locais que retratam a herança africana por aqui. Os visitantes tiveram ainda uma aula de culinária com Flávia Alves, iabassê e proprietária do Quintal de Mãe em Paraty, uma visita ao Quilombo Cafundó, em Salto de Pirapora (SP) e uma visita à sede da Sociedade Protetora dos Desvalidos, em Salvador.

Consciente de que a cultura afro-brasileira se estende além destes três estados, a intuição do roteiro é dar uma iniciação à história da herança africano brasileira, incentivar o gosto para viajar ao país e conhecer mais estados em futuras viagens. O roteiro e suas adaptações pós-FAM tour, será oferecido pela Black History studies com coordenação da Viare Travel e seus parceiros duas vezes por ano a partir de 2025. A diretora da empresa, Charmaine Simpson, já afirmou que “pelo interesse e lista de espera atual, temos certeza que todas as saídas se esgotarão, pois o interesse pelo afroturismo no Brasil é enorme”.

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também