23:39 - 28 de maio de 2024.

Vítima de um câncer, Carlos da Emater morreu na ma...

Vítima de um câncer, Carlos da Emater morreu na madrugada da segunda-feira, no HUV

 em Vassouras

Aposentado da Emater, veterinário foi destaque como secretário de Agricultura e líder católico

Morreu na madrugada da segunda-feira, dia 12, no Hospital Universitário de Vassouras, onde estava internado, o ex-secretário municipal de Agricultura e Meio Ambiente Carlos Alberto Ribeiro, aos 69 anos. Ele lutava há um ano contra um câncer no pâncreas. Há quinze dias foi internado no CIS e posteriormente transferido para o HUV. Liderança da Igreja Católica, Carlos Alberto foi velado na Igreja de Nossa Senhora Aparecida, no Mello Affonso, e sepultado na tarde da segunda-feira no Cemitério Nossa Senhora da Conceição, no Centro Histórico. Ribeiro deixa dois filhos, ambos médicos, a viúva Guaraci Ribeiro, com quem foi casado por 44 anos, e três netos.
Carioca, o jovem Carlos Alberto Ribeiro cursou Medicina Veterinária na Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro. Formado, prestou concurso para a Emater-Rio. Aprovado, começou a trajetória profissional em São Fidélis, no Norte Fluminense. Em 1985, transferido, chegou a Vassouras. Nunca mais sairia da cidade. Ele ainda concluiu as graduações de Biologia e Psicologia, que exercia voluntariamente em projetos da Igreja Católica.
A bela carreira na Emater fez com que Carlos Alberto assumisse, nos governos dos prefeitos Altair Paulino e Renan Vinícius, a Secretaria Municipal de Agricultura e Meio Ambiente. Teve atuação destacada. Criou o projeto Vassouras Recicla, pioneiro na reciclagem em Vassouras; o Projeto Pró-Leite, que aumentou a competitividade da pecuária vassourense e conseguiu abrir cerca de 100 quilômetros de estradas vicinais para escoar a produção. O bom desempenho quase pavimentou a ida de Ribeiro para a Câmara. Em 2004, candidato pelo Partido Socialista Brasileiro, foi o primeiro suplente da coligação PT/PSB/PC do B, que apoiou a reeleição de Altair Paulino com mais de 500 votos.
A Igreja Católica lamentou a morte de um de seus maiores líderes na comunidade. “É com
grande tristeza que recebemos a notícia do falecimento do nosso querido irmão Carlos Ribeiro, membro do Cursilho da Cristandade. Neste momento de profunda dor, em nome da Paróquia, desejamos expressar nossas mais sinceras condolências e solidariedade à família enlutada. Carlos foi uma presença marcante na comunidade, sempre ativo e engajado em servir aos outros. Sua dedicação, generosidade e amor ao próximo serão lembrados com carinho por todos aqueles que tiveram o privilégio de conhecê-lo. Neste momento difícil, que a fé e a esperança possam confortar os corações da família de Carlos. Estamos unidos em oração, pedindo a Deus que conceda força e serenidade para enfrentar essa perda. Que a luz divina guie e console a família nesse período de luto, e que Carlos descanse em paz nos braços do Senhor”, diz a nota, postada em uma rede social da Igreja Matriz Nossa Senhora da Conceição.
Carlos com a esposa Guaraci, filhos noras e netos

Comentários

Uma resposta

  1. Um ser iluminado , que deixará muita saudade , uma referência para mim como pessoa , como pai e como homem. Meu padrinho de crisma escolhido por mim , pois como meu Tio Carlos já tinha um amor e um grande respeito e admiração, esteve sempre presente em minha vida e na dos meus filhos também, como : batizados , 1°comunhão e outros momentos importantes para nós. Realmente deixará muita saudades, mas também um grande legado pois quem teve o privilégio de conviver com ele sabe o ser humano incrível que ele era. Estará sempre vivo em nossas lembranças, em nossos corações , espero um dia ser a metade do homem que ele foi. Te amo Dindo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também