22:52 - 28 de maio de 2024.

Alerj celebra Março Violeta discutindo o protagoni...

Alerj celebra Março Violeta discutindo o protagonismo feminino na política

 em Política

Evento contará com as participações da primeira-dama do Rio, Analice Castro, da deputada federal Soraya Santos, além de diversas autoridades do Estado

Celebrando o mês de combate à discriminação de mulheres no mercado de trabalho, Março Violeta, data instituída no Rio de Janeiro pela lei 9502/2021, de autoria da deputada estadual Célia Jordão (PL), a Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) vai realizar, na próxima segunda-feira (27/03), mais uma edição do evento. Este ano, o tema será o protagonismo das mulheres na política.

A palestra principal será comandada pela advogada e deputada federal Soraya Santos (PL/RJ), que falará sobre o avanço feminino nos espaços políticos de poder. A primeira-dama do Rio de Janeiro, Analice Castro, presidente de honra do RioSolidário, já confirmou presença na mesa principal. O evento será realizado das 14h às 18h, no auditório do 21° andar (Rua da Ajuda, Centro), será transmitido ao vivo pela TV Alerj e também terá como convidadas secretárias de Estado e presidentes de diversas instituições públicas.

“A luta contra a discriminação das mulheres no mercado de trabalho é diária e, quanto maior a participação feminina na política, maiores são as chances de aprovarmos propostas que assegurem a elas ampla rede de proteção em situação de vulnerabilidade, direitos profissionais, além do acesso à qualificação e igualdade de renda”, ressaltou Célia Jordão, que é também autora da Lei 9662/2022, que estabelece a reserva de vagas para os cursos de qualificação profissional a mulheres vítimas de violência doméstica, na Faetec e nos Centros de Geração de Emprego e Renda.

Para celebrar o Março Violeta no interior do Estado, a deputada Célia Jordão realizará ainda, nos dias 29 e 30 de março, palestras sobre ações de combate à discriminação das mulheres no mercado de trabalho nas cidades de Miracema e São Fidélis, além de uma caminhada de conscientização pelo centro de Campos dos Goytacazes.

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também