10:32 - 27 de maio de 2024.

CHAPÉU É O TEMA DA FESTA DA PRIMAVERA NO VALE DO C...

CHAPÉU É O TEMA DA FESTA DA PRIMAVERA NO VALE DO CAFÉ, RJ

O chapéu não vai sair da cabeça dos visitantes na semana do feriado de 7 de setembro: desfiles, concursos, música e demais atrações celebram a festa em que a única obrigatoriedade é usar chapéu.

Com inspiração em um dos grandes eventos do mundo, o Easter Parade, que acontece em Nova Iorque e tem sua origem associada a comemoração depois um árduo período de guerra, o Vale do Café Hat Parade também vem para celebrar um novo tempo. Após 2 anos sem eventos culturais, a festa, que irá acontecer entre 07 e 11 de setembro, tem o intuito de restaurar o clima de celebração na região famosa pelo turismo cultural e artístico.

E todos os artistas e aderecistas locais preparam-se para a jornada com um grande propósito: tornar a cabeça dos visitantes e moradores muito mais colorida e alegre, quiçá até inspirando novas soluções. O adereço será de uso recomendado em toda a região, com divertidos bloqueios aos que não estiverem cumprindo o “dress code” do momento.

Encabeçando a programação, o experiente chapeleiro Denis Linhares, fará exposição com o que há de mais novo na arte da chapelaria, com abertura dia 07/09, quarta-feira de feriado. Criador de chapéus usados por Jorge Aragão, Zeca Baleiro, Linhares é o profissional  mais procurado entre os frequentadores de eventos como  o Grande Prêmio e badalados casamentos diurnos. Ele também realiza uma oficina no dia 09/09, sexta-feira, demonstrando o passo a passo da produção do adereço. 

“Uaná Etê é um local lúdico, que combina perfeitamente com a proposta da chapelaria, que inspira diversão e brincadeira”, ele conta. “As pessoas usam chapéu para sair do convencional, usar o adereço representa originalidade e atitude. Nada como um chapéu para celebrar um momento festivo”.

Para dar uma força à indústria criativa, um dos setores mais afetados com a pandemia, artesãos e artistas foram convidados a elaborar adereços especialmente para os desfiles, utilizando materiais que fazem referência à Mata Atlântica como fibras de bananeiras, folhas secas e técnicas tradicionais como crochê e papel machê. 


Entre os artistas convidados estão Alê Ferrier, figurinista da comissão de frente da Beija Flor de Nilópolis por 12 anos e nascido na região Vale do Café. Alê criou chapéus utilizando sementes e flores secas, colhidas na própria região. “O adereço da cabeça é o que chama mais atenção em uma produção. É um hábito que as pessoas deveriam retomar e é fantástico participar de um evento em que o chapéu tem destaque, é um retorno à uma parte bonita da história”.

A Associação das Crocheteiras do Vale também levará seu arsenal de chapéus criativos ao desfile, todos confeccionados à mão por uma equipe de 26 artesãs. Um projeto com intuito de aperfeiçoar a técnica do crochê, com foco na produção de vestuário. Outra organização convidada é a  Mulheres de Fibra, que qualifica mulheres no fazer artesanal utilizando a planta da bananeira como matéria prima. As fibras de bananeira irão surpreender pela proposta, reunindo estética e sustentabilidade.

As criações serão exibidas nos dois dias de desfile, dias 07 e 10, com participação de artistas, formadores de opinião e influenciadores que irão divulgar todo o talento e arte do Vale do Café.

E quem quiser participar da festa mas ainda não tiver confeccionado seu próprio enfeite de cabeça, será imperdível a oficina de turbante com a turismóloga e atriz Andrea Pit, na quinta-feira, dia 08/09. Revivendo a forte influência africana na região, Pit ainda conta histórias da personagem que ela interpreta, Mariana Crioula, fazendo um arremate perfeito entre arte e história.

Já que primavera é a marca de renovação, visitantes recebem sementes de girassol para semear os canteiros que irão florir na nova estação. E o evento também marca a criação de mais um jardim, com paisagismo de Cristina Caribé. A inauguração do espaço irá reunir produtores de plantas e flores com itens à venda: nada melhor que a primavera para preencher os lares com lindas espécies.

No sábado, dia 10/09, pela manhã, acontece teatro ao ar livre em Uaná Etê com o grupo os Multiplicatores encenando uma divertida história com texto de Marcelo de Freitas. À tarde, o grande momento: a Vale do Café Hat Parade – ou Parada dos Chapéus – acontece no centro de Sacra Família do Caminho Novo do Tinguá, distrito com cenário bucólico em Engenheiro Paulo de Frontin, uma das mais antigas vilas do Vale do Café.  O desfile será liderado pela Banda Sinfônica de Morro Azul, descendo o trecho principal da pequena cidade, a partir das 15h.

No dia seguinte, às 11h, o som do grupo vocal Ordinarius toma conta de Sacra Família, na Igreja Nossa Senhora da Conceição, enquanto a Feira FLOR reúne trabalhos artesanais, produtores de ornamentais e, claro, chapéus.

Voltando aos chapéus, os visitantes são convidados a deixar sua marca no Concurso da Primavera, tirando foto de chapéu em um dos pontos turísticos regionais. O regulamento está no Instagram @valedocafehatparade instagram ou no site  www.uanaete.com.

 Um evento para enfeitar, usar e tirar o chapéu!

Serviço:

FLOR ATLÂNTICA &

VALE DO CAFÉ HAT PARADE

Festa da Primavera & Festa dos Chapéus

07 a 11 de setembro de 2022

Ingressos em Uaná Etê: R$62 por pessoa. Crianças até 12 anos pagam meia entrada.

Contato: (24) 2468-1550 | (24) 98878-1550 (Whatsapp)| [email protected]

Site: www.uana.com

Endereço: Rodovia RJ-121, nº 2265, distrito de Sacra Família, Eng. Paulo de Frontin, RJ. 

Programação:

07/09 – quarta-feira (feriado)

PROGRAMAÇÃO NO UANÁ ETÊ JARDIM ECOLÓGICO

10h – Abertura Exposição “A Arte dos Chapéus”, acervo de Denis Linhares.

11h – Plantio de Girassóis

13h30 – Início dos Desfiles

Desfile de chapéus, turbantes, cocares e adereços com criações de Alê Ferrier, Crocheteiras do Vale e Artesãs da Região Vale do Café. Desfile especial dos pets. Abertura com Desfile de Máscaras por Alê Ferrier.

08/09 – quinta-feira:

PROGRAMAÇÃO NO UANÁ ETÊ JARDIM ECOLÓGICO

Visitação de primavera e Mostra dos Jardins

14h30: Oficina de turbantes, com Andrea Pit

09/09 – sexta-feira:

PROGRAMAÇÃO NO UANÁ ETÊ JARDIM ECOLÓGICO

Das 10h às 16h: Visitação de primavera e Mostra dos Jardins

14h30: Oficina de chapelaria, com Denis Linhares

10/09, sábado:

PROGRAMAÇÃO NO UANÁ ETÊ JARDIM ECOLÓGICO:

11h: Peça Teatral ao Ar Livre:  “A História de Zé Capricó e Bananéia”. Texto e Direção de Marcelo de Freitas. Grupo: Os Multiplicadores.

PROGRAMAÇÃO NO CENTRO de SACRA FAMILIA DO TINGUÁ (distrito de Engenheiro Paulo de Frotin, RJ)

15h Vale do Café Hat Parade – Parada dos Chapéus Vale do Café com a Banda Sinfônica de Morro Azul. Saída da Antiga Rodoviária, no distrito de Sacra Família. Grátis.

11/09, domingo:

PROGRAMAÇÃO NA PRAÇA DE SACRA FAMÍLIA (distrito de Engenheiro Paulo de Frotin, RJ)

11h: Show com o Grupo Ordinarius Vocal, Grátis.

A partir das 11h: Feira FLOR de artesãos e flores em Sacra Família, Grátis.

Concurso Primavera: de 07/09 a 21/09

Para o concurso os participantes devem produzir chapéus dentro dos temas propostos em cenários indicados pelo regulamento. Mais informações na página oficial do evento no Instagram: @valedocafehatparade

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também