23:59 - 28 de maio de 2024.

Escola Abadá Capoeira é destaque em Vassouras

Escola Abadá Capoeira é destaque em Vassouras

Comunidade é contemplada através de ações sociais

 

Adenilson Sombrão, capoeirista, fisioterapeuta, acadêmico de Educação Física e professor de capoeira, há mais de duas décadas desenvolve diariamente um trabalho de excelência com a Escola Abadá Capoeira Vassouras, projeto que vem contribuindo com o desenvolvimento físico, mental e pedagógico de centenas de alunos que são beneficiados direta ou indiretamente.

A Escola oferece ações em várias frentes como os projetos “Fome zero”, “Livro na mão gera mais educação”, “Para treinar tem que estudar”, além de campanhas como do agasalho, alimento, Natal sem fome, arrecadação de material escolar, doação de sangue, entre outras.

Discípulo do Mestre Camisa, fundador da Escola que é presente em mais de 80 países, Sombrão, como é mais conhecido, já viajou por diversos continentes como Europa, África, América Latina, buscando aperfeiçoamento para desenvolvimento da instituição.

“Esse trabalho tem ajudado muita gente que precisa, independentemente das aulas, em diversos locais na cidade. Não tenho vínculo algum com órgãos municipais, estaduais e federais, desenvolvo tudo isso com muito trabalho e determinação”, disse o mestre, que também é responsável por levar a Escola para as cidades de Mendes, Paulo de Frontin, Paracambi e Barra do Piraí, promovendo a capoeira na região.

A Abadá Capoeira na cidade de Vassouras promove a integração social de pessoas com um único objetivo, segundo o mestre: manter o corpo e a mente sadios em desenvolvimento constante.

Vassouras no mundo

Durante todos esses anos, Sombrão já levou Vassouras para diversos lugares do Brasil e do mundo: já trouxe diversos títulos, troféus e medalhas para a cidade. Inclusive, o também professor Sombrinha, aluno e irmão, herdou a paixão e é campeão mundial de capoeira, detentor de vários títulos no Brasil, além de desenvolver o trabalho da Escola no sul do país.

Sombrão ressalta: a iniciativa privada apoia o projeto e reconhece a importância da transformação através da capoeira, finalizando: “A Escola Abadá Capoeira não tem raça, gênero, religião, assim como também não tem vínculo político”.

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *