04:04 - 27 de maio de 2024.

Fuga anti-estresse no jardim ecológico

Fuga anti-estresse no jardim ecológico

 em Comida

• Espaço Eco-Cult Uaná Etê promete programação 100% ao ar livre

Ao mesmo tempo que o verão desperta a vontade de aproveitar mais os dias, as férias pedem por momentos de pausa, com atividades que liberem os corpos e mentes da rotina entre telas e quatro paredes. Para promover atividades seguras e inspiradoras, o Uaná Etê Jardim Ecológico, localizado na região Vale do Café, RJ, criou calendário variado, mesclando passeios pela natureza, oficinas de dança, de gaita, e um entardecer com concerto e jantar temático. A celebração da estação se desdobra em uma programação que podemos chamar de verdadeiro “festival ao ar livre”. E o festival começa com muito, muito contato com a natureza. Aos sábados de janeiro e fevereiro, os visitantes são convidados a participar do Passeio com Pios dos Pássaros, que são apitos que simulam o canto dos pássaros, atraindo-os para uma observação mais próxima. São mais de 40 espécies vivendo nas matas da região, entre Bem-te-vis, Saíra-sete-cores e Canário da Terra, para citar alguns. Para mergulhar ainda mais à fundo nas histórias da floresta, dia 25 de janeiro acontece a Trilha do Curupira, conduzida pelo professor, historiador e indigenista Marcelo Lemos. Será um momento para aprender sobre os mitos e lendas que rodeiam a floresta atlântica, em passeio dinâmico e inspirador para todas as idades. E como a música faz parte da essência de Uaná Etê, teremos aulas de gaita, literalmente, embaixo das árvores. O renomado gaitista José Staneck dará aulas a jovens, crianças e adultos que queiram aprender ou se desenvolver no instrumento. Alunos ainda ganham uma apostila e a própria gaita, para espalhar boa música onde quer que forem. E o que seria da música sem a dança e a dança sem a música? Por isso, o verão em Uaná promove aula de dança criativa com a bailarina e professora de artes cênicas, Lene Werneck. A próxima acontece neste sábado, dia 15 de janeiro, às 10h30 e 14h30. E para sacudir o esqueleto e levantar a poeira, o jardim promove a “Dança na Floresta: cada um no seu quadrado”, entre 20 e 23 de janeiro. São sessões de dança na natureza com distanciamento seguro e ar puro para permitir a livre expressão e muita diversão em família. E se toda a movimentação der fome, que tal experimentar a gastronomia de lavandas? A 1ª floração do ano do campo das lavandas foi inspiração para uma programação com base na flor: sua cor, seu perfume, seu sabor e música para acompanhar. O Festival de Lavandas e Vagalumes perfuma o cardápio com biscoitinhos, tortas e chás de lavanda, e a lojinha do jardim oferece frascos com essências e travesseiros aromáticos feitos com a erva. A partir de 15 de janeiro até 26 de fevereiro, o evento Sonhos de Uma Noite de Verão aflora todos os sentidos com passeio mediado pelo campo de lavandas ao entardecer, concerto sobre os 4 elementos da natureza e gastronomia de lavanda. A música, comandada pelos anfitriões do jardim, a harpista Cristina Braga, o contrabaixista Ricardo Medeiros, terá participação especial do músico Kiko Continentino, pianista do Milton Nascimento e Azymuth. O jantar de 3 cursos, criação de Jaque Fraga, traz criações como Foccacia e salada com azeite aromatizado com lavandas de entrada, Filé ao aioli de lavanda como principal e Parfait de caramelo de lavanda de sobremesa, entre outras opções. As flores foram cultivadas no próprio jardim e colhidas em noites de lua cheia. Falando na lua, ela rouba a cena no jardim, perfeita para contemplação dos frequentadores que quiserem ficar até à noite. A temporada da lua cheia, entre 12 e 22 de janeiro, e 11 e 21 de fevereiro, é ideal para quem optar pela experiência de visitação estendida (EVEN) e decidir pernoitar em uma das acomodações de Uaná. Além da eco-hospedagem, toda de vidro, para se sentir no meio da natureza, há quartos decorados com cores, cristais e elementos que promovem a tranquilidade e cura. Sono para noites renovadoras. Fechando a programação da estação com plantio coletivo de girassóis em fevereiro, o verão será das flores, vagalumes, pássaros, dança e música no jardim mais simbólico do estado do Rio de Janeiro. Uma programação coma segurança do distanciamento e a céu aberto! 

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também