09:12 - 27 de maio de 2024.

Novas obras lançadas na Academia de Letras Joaquim...

Novas obras lançadas na Academia de Letras Joaquim Osório Duque Estrada

• Negra Fulô, de Maria de Lourdes Cravo, e A Janela do Suicida, de Gil Cléber, mostram exuberância literária de Paty

Uma pequena cidade do interior, conhecida pela força de sua agricultura, para muitos a capital fluminense do tomate. Mas Paty do Alferes mostra, uma vez mais, que vai muito além das plantações. Apenas no mês de setembro mais duas obras literárias foram lançadas na Academia de Letras Joaquim Osório Duque Estrada; Negra Fulô, de Maria Lourdes Cravo e A Janela do Suicida, de Gil Cléber.
Em Negra Fulô, Maria Lourdes Cravo aborda, através de poemas, contos e causos, temas ligados a Paty do Alferes, sua cidade de origem, além de abraçar assuntos que lhe são caros, como família e amigos. Lurdinha, como é mais conhecida, foi apoiada pelo projeto Atores, criado pela Academia de Letras Joaquim Osório Duque Estrada com o intuito de facilitar a publicação de obras literárias de autores patienses. No prefácio, Gil Cleber escreve: “(…) brincando com as palavras, a autora nos brinda com este seu primeiro livro de versos, prosas e causos. Encontramos no texto da poetisa Maria de Lourdes momentos de reflexão”. O livro foi lançado em 18 de setembro, na Academia de Letras Joaquim Osório Duque Estrada.
Em A Janela do Suicida, Gil Cleber conta a saga de Henrique Barbosa, um jovem de 28 anos, pobre, acometido pela bronquite, que decide que o melhor a fazer com a vida é suicidar-se. Para poupar o trabalho de uma investigação desnecessária, Barbosa resolve escrever uma carta à polícia declarando sua intenção. O romance é estruturado em dois focos narrativos: a carta para a polícia e a narrativa em primeira pessoa, em que Henrique fala de sua vida e também uma ácida crítica do mundo, revelando sua total descrença no ser humano. Disposto a morrer, ele passa um pente-fino em toda sujeira e hipocrisia sobre as quais se sustenta a sociedade, começando por sua própria família.

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também