22:27 - 28 de maio de 2024.

Vassouras realiza Seminário Internacional "Vale do...

Vassouras realiza Seminário Internacional “Vale do Lima ao Vale do Café”

 

Evento reuniu representantes de diversos setores da economia, além de comitiva de prefeitos de Portugal

Do Vale do Lima ao Vale do Café. A união dessas duas culturas, afinidades históricas e sociais, fez parte dos debates durante o Seminário Internacional “Do Vale do Lima ao Vale do Café”, realizado na tarde desta quinta-feira, 28, no Centro Cultural Cazuza, Centro, em Vassouras. O evento, promovido pelo Vale do Café Convention & Visitors Bureau e a ADRIL, contou com presenças de destaque do setor turístico, rural e cultural da região, além de prefeitos da região Norte de Portugal, e da vice-prefeita de Vassouras, Rosi Silva.

Durante o Seminário, participantes dos dois países – Brasil e Portugal – trocaram experiências e conhecimentos na gestão produtiva dos Cafés e Vinhos, na atividade Turística e Econômica.

Coube ao empreendedor, Conde Francisco de Calheiros, presidente da Associação de Desenvolvimento Vale do Lima, com o abordagem do tema “Do Vale do Lima ao Vale do Café”, falar sobre a preservação histórica da região do Norte de Portugal, bem como dos investimentos dos gestores públicos no cuidado do meio ambiente e do turismo sustentável.

“Temos expectativas de que esse projeto, com a presença dos prefeitos do Vale do Lima possa ampliar o sentido de importância do patrimônio desses dois países. Para hoje trazemos nossa experiência de gestão pública e privada na recuperação do turismo e da produção do nosso vinho verde e vamos levar daqui a experiência de vivência, história e a produção desse café maravilhoso que nasce nesta região magnífica”, ressaltou o empreendedor Conde Francisco.

A fundadora do Preservale, Sônia Mattos, que abordou o tema “Vale do Café Vale do Lima”, deu ênfase à importância de se aproximar as experiências exitosas da região do Vale de Lima, em Portugal, com o Vale do Café, em Vassouras. “Hoje aproximamos essas duas regiões que têm muito em comum. Com a retomada do cultivo do café de qualidade e dos investimentos em turismo, nas fazendas históricas, estamos investindo na preservação, no cuidado com o patrimônio e no meio ambiente. Já na região do Norte de Portugal, tradicional pelo cultivo de uvas que conhecem as políticas públicas, não só portuguesas, mas da União Europeia, que fizeram uma profunda transformação benéfica, onde os gestores passaram a olhar com o cuidado amoroso do nosso território”, disse Sônia.

A programação seguiu com o presidente do Vale do Café, Leonel Ferreira Vasconcelos Júnior, com o tema “O Vale do Café Convention&Visitors Bureau”. Ele também lembrou a importância da delegação de prefeitos do Norte de Portugal estreitando laços com a Região do Vale do Café.

“Por serem regiões muito afins, muito próximas, a ideia é criar um fluxo turístico entre pessoas dessas duas regiões. Eles têm para nos mostrar que são uma sociedade muito madura, no sentido de preservação histórica, no turismo consciente, do uso do espaço consciente pela coletividade, sendo uma experiência que vai nos beneficiar muito e, eles, terão acesso a produtos maravilhosos produzidos pela nossa terra”, ressaltou Leonel Ferreira.

A apresentação do Secretário de Desenvolvimento Econômico e Turismo, Wanderson Farias, com o tema “O APL do Café” Vassouras, teve como foco a divulgação da cidade para alavancar o turismo. “Vassouras é a principal cidade do Vale do Café e o nosso objetivo é divulgar, nosso município, em grandes, médios e pequenos eventos, atraindo turistas diferenciados para essa terra divina e cheia de história a ser contada e divulgada”, disse o secretário.

O encerramento do evento ficou por conta da vice-prefeita, Rosi Silva, que falou sobre a importância de se manter a história, sem perder a modernidade. Rosi, que representou o prefeito Severino Dias, falou da importância da cidade para a região, bem como as ações destinadas não somente a preservação do turismo, mas da história da cidade, aliadas à geração de empregos e incentivo ao empreendedorismo: “Não podemos caminhar rumo a modernidade sem mantermos viva a nossa história. Iniciativas como esta de hoje, de troca de saberes, de aprendizado e de experiências que deram certo, são de grande importância para a nossa cidade, porque aqui, valorizamos a nossa terra e defendemos o turismo sustentável, o cuidado com o meio ambiente e, principalmente, a nossa cultura, sem, porém, deixarmos de avançar rumo à modernidade”, conclui Rosi.

EVENTO

A abertura do evento ficou por conta do palestrante Manuel Sousa, presidente do Órgão de Gestão ADRIL, com o tema “Políticas Públicas para o Desenvolvimento do Turismo no Espaço Rural.

Também estiveram presentes Francisco de Calheiros, presidente e coordenador da ADRIL, Manuel Sousa, presidente do Órgão de Gestão da ADRIL, Manuel Vitorino, vice-presidente da cidade de Viana do Castelo, Vasco Ferraz, presidente do Município de Ponte de Lima, Paulo Sousa, vice-presidente do Município de Ponte de Lima, Augusto Marinho, presidente do Município de Ponte da Barca, Filipe Rocha, chefe de Gabinete, de Augusto Marinho.

VALE DO LIMA
Esta área do Noroeste português distingue-se pela multiplicidade de paisagens, pela harmonia dos seus diversos ecossistemas (marítimo, fluvial e terrestre) e pela autenticidade e espontaneidade das suas gentes e lugares

A região evoca testemunhos culturais do passado. Rica em espaços naturais, que vão da montanha ao campo, passando pelos longos areais de rios e praias, o Vale do Lima prima, ainda, pelos aglomerados rurais de tradição, história e cultura. Destino Europeu de Turismo, o Vale do Lima recebeu vários prêmios que o distinguem pelo pioneirismo e qualidade da oferta turística.

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também