14:24 - 24 de maio de 2024.

Desconectado tem apresentação neste sábado, dia 11

Desconectado tem apresentação neste sábado, dia 11

 em Cultura

Espetáculo do Projeto de Dança da Fundação Ziza Mendes promete prender a atenção do público num despertar sobre o uso indiscriminado da tecnologia

 

Desconectado! Este é o tema da apresentação das alunas da Fundação Ziza Mendes, que promete atrair público de todas as idades, neste sábado dia 11, às 20 horas, no Centro de Convenções General Sombra, no Centro de Vassouras.
Com entrada franca, o evento leva ao palco, este ano, coreografias que propõem uma reflexão sobre a relação dos jovens com as novas tecnologias e o uso da internet nos dias atuais.

O espetáculo vai além e promete um despertar, mais profundo, acerca do tema consumo/descarte sucessivo dos aparelhos celulares, que se tornam praticamente obrigatórios no cotidiano e o papel das redes sociais.
– Como equilibrar seu tempo entre os mundos maravilhosos das imagens postadas nas redes sociais, seguidores fantasmas, a monotonia do convívio familiar, a frustração das relações afetivas e a compaixão pelos problemas alheios? – indaga a criadora do Projeto, Maria Luiza de Oliveira Mendes, mais conhecida como Ziza Mendes.

 

TRAJETÓRIA

O tema deste ano, a exemplo dos anos anteriores, foi cuidadosamente pensado pela coreógrafa Ziza. Com paixão pela dança, a idealizadora da Fundação narra seu trabalho com as meninas, cuja maioria são alunas de escolas públicas, que cursam dança gratuitamente.
– Sempre achei que o trabalho precisa ser além do ganho financeiro, que nos dê prazer e, lógico, seja nosso talento. No meu caso, foi a dança, a qual sempre me dediquei e decidi dividir com as meninas da nossa cidade – contou Ziza.


O resultado não poderia ser melhor: segundo a criadora da Fundação, as alunas pouco tempo após as aulas já revelam avanços na autoestima, maturidade, concentração, e segurança para enfrentar o dia a dia que não é nada fácil.
– É incrível como elas desabrocham e se revelam para o mundo. E mais: levam seus aprendizados para as famílias que passam a olhar a dança, arte, com mais atenção – finalizou Ziza, listando meninas que seguiram a carreira da dança com sucesso. “Temos ex-alunas que se despontaram na dança”, disse Ziza, que há mais de 40 anos trabalha com dança em Vassouras.

 

Comentários

3 respostas

  1. Muito obrigado.
    Esta divulgando da Tribuna do Interior certamente atesta a qualidade e beleza que serão as apresentações.
    Parabéns.

  2. Muito obrigada ,tribuna por trazer noticias para Felicidade das pessoas ❤️
    Concerteza um belo momento da arte!
    Parabéns a todos participantes!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também